Artigos e Pesquisas Históricas

Um passado não judaico compromete um Báal T'Shuvá como judeu em potencial? INTRODUÇÃO: É de conhecimento de todos os que têm contato com a Tradição Judaica, mesmo que seja rudimentarmente, a questão da T’shuvá que significa “Retorno [para D’us]” ou “Arrependimento”. A mesma é, indubitavelmente, fundamental na fé judaica. Quando pecamos temos diante de nós, todos...
Leia Mais
A primeira semana de dezembro de 1996 foi marcada pelo encontro mundial dos representantes das comunidades sefaraditas da diáspora portuguesa. O encontro transcorreu nos dias 3, 4 e 5 de dezembro, em várias cidades de Portugal. Foi inegavelmente um gesto de repúdio oficial do governo português ao capítulo nefasto de uma história iniciada exatamente no...
Leia Mais
O povo judeu, tendo sobrevivido por milhares de anos nas circunstâncias mais adversas, incluindo o Holocausto, hoje é ameaçado por casamentos mistos e assimilação. As comunidades judaicas durante toda a diáspora estão vivendo um declínio demográfico. Por que isso acontece ? Há algo que pode ser feito para reverter essa tendência ? O desafio específico...
Leia Mais
Diz o velho ditado que todos os caminhos levam a Jerusalém. No meu caso alguns caminhos levaram-me a Petrópolis. Lendo um artigo sobre a cultura judaica de D. Pedro II, tive conhecimento também da existência do Rabino Mossé de Avignon na Provença Francesa e fiquei encantada com a grande amizade que mantiveram até o fim...
Leia Mais
Falando, falando, já que falamos de nós por que não falar dos outros também? Só que vamos falar de nós judeus e dos outros judeus. Começando do começo, vamos definir as coisas. O que é um Cohen? Um Cohen é um sacerdote descendente de Aarão. Os Cohanín eram os sacerdotes do Templo....
Leia Mais
Por Ia tu karta, a uahdí, Ia hidá del vierbo majiká se volve i I’aafaí vaéfer de Ia mi tristura i soledá, simhá i uahx se hazen en ekesta amanyana de frío i de tanta lexura, i de rekuerdos agora. i Iaqteo, xabba kexida, los pedasos de las frazas entremientes en mi korasón guadrando vo tus palavrikas, djoyas de presiadura en...
Leia Mais
Com dissemos, anteriormente, as Minas Gerais de ouro, esmeralda e diamantes atraíram os judeus e cristãos-novos, que vieram dos estados do norte brasileiro, de Portugal e de outros países, como Espanha e Itália. O grande fato é que o elemento judeu deixou um relevante legado no caldeamento étnico do Brasil colônia. Por isso, o tronco étnico...
Leia Mais
Modernamente, a antroponímia, ramo principal da onomástica, é o estudo dos antropónimos, ou seja, dos nomes próprios dos indivíduos. A tradição judaica sempre atrelou nomes próprios com seu significado, implicando, assim, uma identificação do futuro de um indivíduo com seu próprio nome. O próprio Nabucodonozor, rei da Babilônia, mudou o nome de quatro cativos hebreus, nobres...
Leia Mais
Já no século sete e seis a.C. dez das doze tribos de Israel começaram a se dispersar e a perder sua identidade judaica. Jeoaquim, rei de Judá, com todo povo foi levado cativo para a Babilônia durante o poderoso império de Nabucodonozor. O próprio profeta Jeremias advogava submissão a Babilônia, tentando evitar o exílio. Mas, a...
Leia Mais
O nome Sefarad já aparece na bíblia por volta do ano 700/800 aC. Quando o profeta Obadias escreve: "... Os cativos deste exército dos filhos de Israel possuirão os cananeus até Zefarate; e os cativos de de Jerusalém, que estão em Sefarade, possuirão as cidades do Negeve”(Ob. 20). Em outras palavras, o termo em hebraico “sefarad”...
Leia Mais
Página 3 de 41234

Proibido cópia, gravação ou reprodução de todo ou qualquer conteúdo desse site.